Ainda turistas

 

Flanando pelo Centro do Rio

 

catedral Metropolitana do Rio de janeiro

Catedral Metropolitana: Um olho no personagem, outro na geometria

 

Quando cheguei à Caixa Cultural para ver a mostra de gravuras de Beatriz Milhazes, na manhã da quinta-feira (23), encontrei o local fechado e a entrada ocupada por manifestantes do MNLM (Movimento Nacional de Luta Pela Moradia). Mas não perdi a viagem. O centro da cidade, com seus contrastes e apelos multicores, sempre me exerceu fascínio. Daí que, saindo da Caixa, peguei o rumo do Largo da Carioca, espécie de palco para manifestações as mais diversas — de causas políticas à pregação de evangélicos. E de lá segui, passando pelos prédios da Petrobras e do BNDES, pelo Teatro Nelson Rodrigues e pela Catedral Metropolitana, onde fiquei por alguns minutos observando grupos de turistas que iam e vinham e onde encontrei, desgarrado do seu grupo, o senhor aí da foto.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s